Nada

21-07-2010 01:32

Sou tão fraco, não sou nada

Sou um grão de areia

Uma gota de água!

Uma vida, entre tantas

Sou uma pessoa

Mas o que me espanta

 

É que Tu me escolheste a mim

Para falar de Ti

E eu não sou nada

Por mim não sou nada!

Sim, sou forte em Ti, Senhor

Forte no Teu amor

Mas não sou nada

Por mim não sou nada!

 

Sou tão frágil, não sou nada

O degrau mais baixo

Duma longa escada!

Como um risco, uma letra

Do poema universal

E Deus é o poeta!

 

Mas Tu me escolheste a mim

Para falar de Ti

E eu não sou nada

Por mim não sou nada!

Sim, sou forte em Ti, Senhor

Forte no Teu amor

Mas não sou nada

Por mim não sou nada!

 

1993 - Ana Ramalho (letra e música)

Tópico: Nada . opinião

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário