Irresistível

11-08-2009 21:34

 

Fiquei mesmo apaixonada pelo livro "Falsos, metidos e impostores" de Brennan Manning. Exceptuando a Bíblia, nunca me senti tão confrontada comigo mesma na leitura de um livro, ao mergulhar no intenso confronto do autor com o fariseu e o hipócrita que tentam abafar o seu verdadeiro eu, como filho de Deus.

O clip do último post é apenas [e não estou a exagerar] um aperitivo do pensamento profundo, intenso e frontal do autor. Quando contamos aos outros as nossas lutas e dilemas sem pretensões de alcançar um sentimento de pena, mas de partilhar e mostrar como somos todos "feitos da mesma massa", acabamos por servir de "catalisadores" para que outros tenham uma analise franca, sincera e pessoal da sua identidade como "filhos de Aba [Paizinho]".

Apenas um pequeno excerto:
"Esta é a grande ideia: defina-se radicalmente como alguém a quem Deus ama sem reservas. Agora mesmo. Do jeito que você está. Não para permanecer nessa situação, é claro, mas sabendo que nunca você será mais amado, valorizado e cuidado do que neste exacto momento, pois o amor de Deus não depende de você. Portanto, por favor, por favor mesmo, pare de fugir quando você mete os pés pelas mãos e corra para os braços daquele que o ama sem reservas e do jeito que você se encontra agora"

Paizinho, obrigada porque Tu inspiras pessoas... obrigada porque Tu inspiras vida, liberdade, alegria, amor, paz... e mesmo que à nossa volta não haja essa tranquilidade, em Ti sabemos quem somos. Não importa as vozes que se levantam dentro de nós e ao nosso redor. Tu amas. Eu sou tua filha. Isso basta.

Tópico: Irresistível - opinião

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário